Com certeza você já ouviu alguém falando sobre os benefícios da prática esportes, seja o seu professor de educação física da escola, alguém da sua família ou do seu ciclo de amigos, não é mesmo?

Manter o corpo e a mente ativos é um dos fatores decisivos para minimizar os impactos do envelhecimento cerebral. Quando nos movimentamos por meio da prática de exercícios físicos contribuímos não só para a saúde do nosso corpo, mas também do nosso cérebro.

10 benefícios da prática de esportes para o seu cérebro - SUPERA - Ginástica para o Cérebro
Praticar atividades físicas é importante para manter corpo e mente em equilíbrio.

E se você precisa de motivos para começar a praticar esportes, nós separamos 10!

Mas antes, vamos entender como o nosso cérebro funciona? Neste conteúdo você verá:

  • Sistema Cognitivo: O que é, para que serve e quando usamos?;
  • Quais são os indícios do envelhecimento cerebral?;
  • 10 benefícios da prática de exercícios para o cérebro;
  • Você sabia?;
  • 4 dicas para a prática de esportes;
  • Estimulando ainda mais o seu cérebro.

Sistema Cognitivo: O que é, para que serve e quando usamos?

O sistema cognitivo é responsável por executar os processos de informação, como por exemplo a percepção, aprendizagem, memória, atenção, vigilância, raciocínio e solucionar situações do dia a dia. Também opera na manutenção do funcionamento psicomotor que inclui tempo de reação, tempo de movimento e velocidade de desempenho. 

Nós utilizamos nosso sistema cognitivo em todas as atividades do dia a dia, para realizar diferentes tarefas em casa, na escola ou no trabalho.

Quais são os indícios do envelhecimento cerebral?

A perda de funções cognitivas acompanha o processo de envelhecimento natural do cérebro.

Situações como o comprometimento da memória a longo e curto prazo, perda de habilidades verbais, incluindo vocabulário, redução da capacidade intelectual e desempenho cerebral, que inclui o ato de processar informações são típicas desse processo. 

Felizmente, há diversos hábitos que podem minimizar os impactos do envelhecimento cerebral. E adivinha? A prática de esportes, além de garantir qualidade de vida, está entre as soluções que nos garantem um cérebro saudável, não importa a idade. 

Então, vamos ficar por dentro de todos os benefícios dessa atividade para o nosso cérebro e saúde do nosso corpo?! Confira:

Diminui os riscos de doenças neurodegenerativas

As doenças neurodegenerativas atacam o sistema nervoso e matam milhares de neurônios, causando a perda de funções neurológicas e progressivo comprometimento dos movimentos.

Com o aumento cada vez maior na taxa da idade média da população, doenças como essa – que aparecem de maneira mais acentuada em idosos – demandam cada vez mais estudo.

No entanto, pouco se sabe sobre elas e, uma vez que aparecem, uma das formas de tratá-la é por meio de medicamentos.

10 benefícios da prática de esportes para o seu cérebro - SUPERA - Ginástica para o Cérebro
A prática de exercícios físicos é benéfica para todas as idades.

Mas a boa notícia é que a prática de exercícios físicos contribui em larga medida para a prevenção ou potencial redução de seus impactos para o cérebro.  

A atividade física produz substâncias que atuam na proteção de células do cérebro. Além disso, foi comprovado que exercícios aeróbicos auxiliam a conexão entre neurônios, potencializando as capacidades de aprendizado e memória.

Você sabia? 

Um estudo comprovou que pessoas moderadamente ativas têm menor chance de serem acometidas por doenças neurodegenerativas quando comparadas às pessoas sedentárias e que a prática de exercícios físicos pode também desacelerar o agravamento dessas doenças em pessoas que já a possuem, comprovando que essa atividade resulta não só em benefícios físicos, como também psicológicos.

Reduz a perda de células nervosas

O envelhecimento também acompanha a perda de células nervosas no cérebro. E é nessa hora que a prática de esportes entra! Ela pode contribuir muito para a redução da perda de células nervosas nas áreas do cérebro relacionadas à memória.

O cérebro possui maneiras para compensar essa perda como por exemplo formando novas conexões entre as células nervosas remanescentes.

Eficiência cerebral

Um estudo realizado pela Neural Clinical Practice demonstrou que a prática de exercícios físicos está diretamente relacionada com a performance cognitiva.

O estudo em questão contou com 100 participantes e observaram as atividades cognitivas das mesmas pessoas em períodos com e sem exercícios.

E o que era esperado se confirmou: os resultados eram redondamente melhores nos períodos em que praticavam qualquer atividade por no mínimo 52 horas ao longo dos seis meses, não importando qual prática fosse, yoga, atividades aeróbicas e etc. 

Aumenta o fluxo sanguíneo para o hipocampo

Estudos recentes têm demonstrado que a prática de esportes melhora a memória. E como será que isso acontece? Um estudo realizado pela University of Texas Southwestern mapeou as alterações ocorridas no cérebro durante um ano de exercícios aeróbicos e constatou um aumento de fluxo sanguíneo em duas regiões do cérebro associadas à memória.

A pesquisa foi realizada com um grupo que praticava alongamento e um outro que praticava exercícios aeróbicos. Ao final do estudo constatou-se que o segundo grupo obteve melhora de 47% em testes de memória quando comparados ao primeiro grupo.

Melhora a qualidade do sono

Quando praticamos atividade física ocorre o que chamamos de homeostase, ou seja, a condição de relativa estabilidade que nosso corpo necessita para desempenhar determinadas funções de maneira adequada, mantendo o equilíbrio para o corpo.

Com todo o exercício ficamos cansados e, consequentemente, o sono vem de forma natural e profunda na parte da noite. Garantindo descanso e disposição no dia seguinte.

10 benefícios da prática de esportes para o seu cérebro - SUPERA - Ginástica para o Cérebro
A prática de atividades físicas também ajuda a regular o sono.

Melhora o humor

Durante a prática de exercícios físicos nosso corpo libera também a endorfina. Conhecida como hormônio do bem-estar, atua na comunicação do sistema nervoso.

É a mesma substância liberada quando damos gargalhadas, relembramos bons momentos ou comemos chocolate.

Previne depressão

Durante a prática de exercícios físicos nosso corpo também libera neurotransmissores que nos proporcionam sensação de bem-estar, como por exemplo a dopamina e serotonina que, uma vez presentes em boa quantidade no nosso cérebro, aliviam os sintomas de depressão.

Estimula a liderança

A prática de esportes coletivos como vôlei, futebol, basquete etc são ótimas opções para o desenvolvimento de características como a liderança e o trabalho em grupo, habilidades muito requisitadas no mercado de trabalho atual.

As situações que incluem treino, ganho ou perda de campeonatos estimula o convívio em conjunto e faz florescer a habilidade de resolver conflitos do dia a dia de maneira coerente.

Auxilia na concentração e desempenho escolar

Inúmeras pesquisas têm demonstrado que a prática de esportes já na adolescência contribui para a concentração e consequente fixação do aprendizado, além da melhora do raciocínio lógico e foco nas atividades que devem ser realizadas.

Segundo pesquisadores da Universidade de Illinois nos Estados Unidos, alunos que praticam algum esporte possuem desempenho 20% melhor em comparação com aqueles que não praticam nenhuma atividade.

Fortalece a imunidade

Já está comprovado cientificamente que a prática de exercícios físicos é extremamente benéfica para nosso sistema imunológico.

Estudos publicados pela Universidade de Umeå apontaram que atletas corredores de maratonas ficavam doentes com menos frequência. Isso porque essa atividade aumenta a quantidade de linfócitos, que são as células de defesa dos organismos, responsáveis por atacar células infectadas.

Fica difícil não se animar para praticar algumas atividades físicas após saber de todos esses benefícios, hein? Por isso, separamos 4 dicas para que realize essa prática de maneira mais adequada:

  1. Procure orientação médica: Antes de frequentar academias, pistas de corridas e quadras de esporte é essencial que se faça uma avaliação médica em que serão avaliados seus limites físicos e recomendadas atividades adequadas;
  2. Se alimente, se hidrate: O treino em jejum pode gerar fraqueza, tontura e em alguns casos até desmaios. Procure se alimentar de maneira saudável antes do treino, ingerindo alimentos leves e capazes de te dar a energia necessária para a atividade;
  3. Roupas confortáveis: Procure utilizar roupas com tecidos leves e confortáveis. Além de facilitar a realização dos movimentos, elas não geram desconfortos durante a prática das atividades.
  4. Alongue-se: Fazer alongamentos antes e após a realização de atividades físicas é essencial também para facilitar a realização dos movimentos, permitindo maior flexibilidade e evitar lesões.

Estimulando ainda mais o seu cérebro

Além dos exercícios para o corpo você pode também exercitar o seu cérebro com a rede de franquias mais do Brasil. O Método SUPERA, por meio de atividades que envolvem novidade, variedade e grau de desafio crescente, permite uma estimulação cognitiva que irão potencializar as capacidades de raciocínio, memória e interpretação do seu cérebro.


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *